terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Eu e ninguém!

   Ela olhou para mim como se quisesse algo, nao tenho certeza, mas acho que ela nao me viu.                
   Eu nunca imaginei que pudesse enxergar a perfeição, e nao sabia que ela era perfeita aos meus olhos.
    Nao sei se foi por malícia ou inocência ela tirou tudo que eu tinha ate meus curtos momentos de imaginação.
   Eu queria que isso tudo fosse simplesmente um sono, que esqueci quando quando acordei.
Esder R. B. Nunes

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Nostalgia

    Numa praia deserta, ao olhar para o mar procurando o infinito. A única barreira que nos separa é essa imensidão azul, na areia já da para sentir o cheiro no paraíso que não é mais meu. Sentado esperando um sonho que agora só é meu, que deixaras pra mim  depois de ter ido sem olhar pra trás.Ainda acho que a culpa foi minha... Me fingia de inocente sem ao menos saber, mas se não fosse culpa minha, eu assumiria, sem ao menos excitar só para ter ela aqui. A chuva cai, todos correm com medo de puros pingos d água, mas ela com o  olhar ao horizonte, anda na direção das gotas que parece não molhar, e sim abraçar por todo seu corpo.
Esder R. B. Nunes

Olhado para o infinito.

    Nessa hora que estou feliz, não quis ser mais eu, acho que acostumei ser ninguém... Eis a minha vida um caminho que não quis traçar.
Esder R. B. Nunes

Possivelmente pararei!

    O Tempo fechou para mim, e não sei  em que asas eu vou voar, por incrível que pareça vou ficar aqui e não ligar mais.
Esder R. B. Nunes

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Só um pedaço

"   Menina dos belos olhos azuis  não olhais para o céu!   Pois de  ciúmes da cor dos seus olhos, ele mandarar chuva em forma de lágrimas."
Esder R. B. Nunes

Dor do tempo.

"   -Será que existe algum remédio pra parar o tempo?
   -Eu quero ter uma overdose  desse remédio se exitir!"
Esder R. B. NUNES

domingo, 14 de dezembro de 2014